Esportes Comunidade


Publicado em  08/02/2008 18:51

Este ano, os Gaviões mostrarão a sua força

A Segunda Divisão não desanima a torcida Gaviões da Fiel - Japão

Tokai , Shizuoka - Osny Arashiro/ipcdigital.com

Osny Arashiro/ipcdigital.com
Gavioes-da-Fiel-Japao-fieis-ate-no-Japao
Gaviões da Fiel - Japão, fiéis até no Japão

O ex-meia Marcelinho Carioca, para comprovar seu amor ao clube, dizia que a camisa do Corinthians era a sua "segunda pele". E como tal, para torcedores dos Gaviões da Fiel - Japão, as juras de amor ao clube é eternizada na própria pele, através de tatuagens.

Tatuar, dói! Mas nada se compara à dor de 2007. De desesperado a rebaixado, essa longa travessia encerrou com o Timão ancorado na Série B do Campeonato Brasileiro. De nada adiantou as garras dos Gaviões, as preces para São Jorge e a bravura dos Mosqueteiros. Segundona!!!

Para os três líderes da torcida Gaviões da Fiel - Japão, Cleiton Kamiya, Xarelli e Roberson, "este será o ano em que vamos mostrar a força da torcida corintiana". Para tanto, a frase em cartões-eletrônicos diz tudo: "A queda de um gigante é sempre mais importante que a vitória dos medíocres".

Campeão Mundial de Clubes-Fifa 2000, tetracampeão do Brasileiro e 25 vezes campeão paulista, o Corinthians não quer viver só de história, mas o rebaixamento é uma página que a torcida pretende rasgar dos livros.

"No dia seguinte à queda do Corinthians, eu e um monte de corintianos não foram trabalhar. Dois dias depois, os colegas olhavam para a minha cara e viam minha tristeza então me respeitavam. As piadinhas do rebaixamento só começaram uma semana depois, quando o coração já estava mais refeito", recorda Kamiya.

"Aqui no Japão, as lideranças de outras torcidas pediram para não zoar com os Gaviões da Fiel - Japão, mas sim com o time. Ninguém tirou barato dos Gaviões, mas sim do Corinthians", garante Kamiya. "Então dá para cumprir um acordo de cavalheiros em determinada situações".

"No dia do rebaixamento, eu chorei. Mas o Klebão, o Xarelli, todo mundo chorou também. Depois de uma semana, quando nos encontramos, choramos juntos, isso marcou bastante".

"O fanatismo corintiano já nasce com a gente, por isso temos a fama de Fiel. Na época em que o Corinthians ficou sem títulos durante 23 anos, foi quando a nossa torcida mais cresceu. O Corinthians pode estar na Segunda ou na Terceira divisão, sempre vamos estar torcendo. Por isso somos chamados de Fiel, esse é o grande diferencial nosso em relação às demais torcidas", enfatiza.

Para os Gaviões da Fiel - Japão, distantes da arquibancada do Pacaembu, o drama do outro lado do mundo não dura somente 90 minutos, mas uma jornada completa de yakin (trabalho noturno) ou de hirukin (diurno). Se um for trabalhar e não poder escutar o jogo pela internet, o outro se compromete a passar mail informando sobre o resultado. "No jogo Corinthians e Guarani, pelo Paulistão, eu fui trabalhar então um amigo colocou seu celular ao lado do computador, sintonizou a emissora e fiquei ouvindo a narração do jogo pelo celular", lembra Kamiya.

"Ser campeão da Segundona vai ser uma grande honra", sonham os Gaviões.

Disputar a Segunda Divisão não é demérito em campeonato nenhum. Pelos quatro cantos do mundo, os grandes times também honraram a Segundona. O Atlético-MG, o Grêmio, Palmeiras, Botafogo, Fluminense, não receberam perdão. E na Itália, só a Inter de Milão nunca caiu. O Milan, Juventus, Fiorentina, Lazio, Napoli, todos tropeçaram, mostrando que o campeonato não termina em pizza.

Olympique de Marselha, o Mancheter United, time mais rico do mundo caiu em 1974, Liverpool caiu cinco vezes e até o Urawa Reds Diamond, de Saitama, rebaixado em 1999, foi terceiro lugar no Mundial de Clubes-Fifa.

Gavião, o predator dos céus, quer alçar vôos mais altos em 2008. E jogando futebol nas quatro linhas, sem tapetão, pretende a todo custo, comprovar que entre o céu e a terra, só existe São Jorge.


O programa Agenda + (Globo Internacional) exibiu uma matéria especial com o Gaviões da Fiel - Japão. Acompanhe o vídeo clicando o ícone abaixo da foto.


Veja mais
Bookmark and Share Enviar Enviar       Imprimir Imprimir    Comentar Comentar  Corrigir Corrigir   Diminuir fonte Aumentar fonte    

COMENTÁRIOS

COMENTE ESTA NOTICIA
caracteres podem ser digitados
TERMOS DE USO: O ipcdigital.com tem o prazer de oferecer a seus usuários a oportunidade de fazer comentários. Procure ser polido e educado nos seus comentários para que possamos mantê-lo no site. Comentários que contenham ameaça, ofensa, palavrão, apologia ao crime ou racismo serão deletados.Assim como piadas sobre tragédias pessoais. No entanto, devido à característica interativa da internet é impraticável para nossa equipe monitorar todos os comentários. Como o ipcdigital.com não controla os comentários enviados por seus usuários, eventualmente você poderá encontrar comentários ofensivos ou inapropriados. Caso isso ocorra, clique aquie denuncie.