Luta


Publicado em  07/02/2014 18:54

Lutador brasileiro do UFC invade academia armado e acaba preso

Thiago Silva suspeitava que esposa estaria o traindo com Pablo Popovitch, seu professor de jiu-jitsu

- ipcdigital.com e agências / Pedro Henrique


Lutador-brasileiro
Por ciúmes Thiago agiu de forma enfurecida

Um dos lutadores mais polêmicos do Brasil, acabou se envolvendo em uma grande confusão que poderá custar o seu emprego no UFC. O meio-pesado Thiago Silva foi preso pela polícia da Florida após invadir armado a academia de Pablo Popovitch, em Ft Lauderdale, e ameaçar as pessoas no local.

Em seguida, o brasileiro se trancou em casa onde se entregou as autoridades após algumas horas de negociação. Uma equipe da SWAT, unidade de polícia tática nos Estados Unidos, foi solicitada para ajudar a resolver o problema.

Popovitch é o treinador de Thaysa Silva, esposa de Thiago, e, de acordo com testemunhas, o incidente teria se iniciado após uma discussão entre o lutador e sua mulher.

Apesar do incidente, ninguém se feriu durante a invasão de Thiago Silva a academia. O Xerife responsável pelo caso ainda não divulgou qual será a situação do atleta do UFC a partir da detenção.


Veja mais
Bookmark and Share Enviar Enviar       Imprimir Imprimir    Comentar Comentar  Corrigir Corrigir   Diminuir fonte Aumentar fonte    

COMENTÁRIOS

COMENTE ESTA NOTICIA
caracteres podem ser digitados
TERMOS DE USO: O ipcdigital.com tem o prazer de oferecer a seus usuários a oportunidade de fazer comentários. Procure ser polido e educado nos seus comentários para que possamos mantê-lo no site. Comentários que contenham ameaça, ofensa, palavrão, apologia ao crime ou racismo serão deletados.Assim como piadas sobre tragédias pessoais. No entanto, devido à característica interativa da internet é impraticável para nossa equipe monitorar todos os comentários. Como o ipcdigital.com não controla os comentários enviados por seus usuários, eventualmente você poderá encontrar comentários ofensivos ou inapropriados. Caso isso ocorra, clique aquie denuncie.