Artigos


Publicado em  23/01/2007 19:08

Escândalos abalam setor alimentício no Japão

Casos como o da rede de docerias Fujiya mostra que fabricantes não aprenderam com erros do passado

Kanto , Tokyo - Silvia Kikuchi/IPCJAPAN

Bloomberg News
Lojas-da-rede-Fujiya-permanecerao-fechadas-ate-o-termino-das-inspecoes
Lojas da rede Fujiya permanecerão fechadas até o término das inspeções

Vários acontecimentos envolvendo o setor alimentício causam dúvidas entre os consumidores se os alimentos vendidos são confiáveis ou não. Começou recentemente com a descoberta do uso do leite vencido em doces da rede Fujiya. Um caso a mais para entrar na fila dos escândalos, seguindo outros como as falsificações de origem de carnes e frangos e intoxicações alimentares envolvendo a fabricante de produtos lácteos Yuki-jirushi.

Em outro caso à parte, um programa de televisão japonesa divulgou informações falsas sobre as propriedades dietéticas do nattoo (soja fermentada). Na semana em que o programa foi ao ar, os nattos desapareceram das prateleiras dos supermercados. Agora a situação é inversa. Os produtores não sabem o que fazer com o estoque encalhado.

Esse e outros casos recentes envolvendo o setor alimentício do Japão dizimam a confiança do consumidor e mostra que as empresas não aprenderam com os erros do passado. O caso da Yuki-jirushi (atual Meg Milk) ficou conhecido como a pior intoxicação alimentar da história do Japão, com 13.420 vítimas atendidas em hospitais entre junho e julho de 2000.

A própria Fujiya havia reforçado suas normas sanitárias após esse acontecimento. Mas no desespero para sair do prejuízo que vinha registrando há anos, alguns administradores da empresa decidiram ignorar o uso de leite vencido, agravando a situação entre as fábricas que forneciam os doces.

Agentes do Ministério da Agricultura, Reflorestamento e Pesca investigam atualmente a sede da Fujiya, no bairro de Chuo (Tokyo) e as fábricas em Saitama e Osaka. As lojas da rede permanecerão fechadas até o final das investigações e os funcinários estão de licença de trabalho.


BEBIDAS


A Sapporo, que fabrica as bebidas Nectar e Lemon Squash para a Fujiya, começou a retirar os produtos das máquinas automáticas e supermercados. Apesar de não haver problemas quanto à qualidade dos produtos, a Sapporo disse que está sendo afetada pela onda de desconfiança nos produtos relacionados à Fujiya.

Desde 1998, a Sapporo fabrica cerca de 20 variedades de sucos para a Fujiya, que distribui em cerca de 50 mil máquinas automáticas, além de centros comerciais.


O CASO DO NATTOO


A Fuji TV, responsável pelo programa Hakkutsu!Aru Aru Dai-jiten2 que levantou dados falsos sobre as qualidades do nattoo, enviou um relatório ao Ministério do Interior e Comunicações no dia 22. O programa foi produzido pela equipe da Kansai TV para a Fuji TV. Juntas, as duas emissoras receberam cerca de 2.800 ligações até o dia 22. A fabricante de cosméticos e artigos de higiene, Kao, decidiu cancelar o patrocínio do programa.

Os produtores de nattoo em Ibaraki, que abastecem cerca de 50% da cota doméstica, serão obrigados a incinerar seus estoques depois que os comerciantes cancelaram os pedidos devido ao escândalo.



:: ONDE BUSCAR AJUDA ::
O Centro de Atendimento ao Consumidor do Japão (Kokumin Seikatsu Center) foi criado pelo governo em outubro de 1970 para esclarecer dúvidas e zelar pelos direitos dos consumidores. Existem cerca de 532 centros de atendimento em todo o país.
Homepage: http://www.kokusen.go.jp/
Telefone geral: 03-3446-0999 das 10h às 12h e das 13h às 16h, em japonês


Veja mais
Bookmark and Share Enviar Enviar       Imprimir Imprimir    Comentar Comentar  Corrigir Corrigir   Diminuir fonte Aumentar fonte    

COMENTÁRIOS

COMENTE ESTA NOTICIA
caracteres podem ser digitados
TERMOS DE USO: O ipcdigital.com tem o prazer de oferecer a seus usuários a oportunidade de fazer comentários. Procure ser polido e educado nos seus comentários para que possamos mantê-lo no site. Comentários que contenham ameaça, ofensa, palavrão, apologia ao crime ou racismo serão deletados.Assim como piadas sobre tragédias pessoais. No entanto, devido à característica interativa da internet é impraticável para nossa equipe monitorar todos os comentários. Como o ipcdigital.com não controla os comentários enviados por seus usuários, eventualmente você poderá encontrar comentários ofensivos ou inapropriados. Caso isso ocorra, clique aquie denuncie.