Artigos


Publicado em  20/07/2007 18:09

Exemplos de acidentes que servem de lição

Usinas no Japão estão expostas a acidentes, terremotos e atentados

Kanto , Tokyo - ipcdigital.com

Militino Hayashida/ipcdigital.com
8345grafico1.jpg

Nem todos os acidentes acontecem apenas em reatores nucleares. No dia 30 de setembro de 1999, um acidente em uma usina de reprocessamento de urânio atingiu dezenas de pessoas em Tokaimura (Ibaraki).

Três funcionários, que deveriam mergulhar 2,3 quilos de urânio no ácido nítrico, para remover as impurezas, erraram e lançaram 16 quilos num tanque só, quase oito vezes o limite de segurança. A presença de tantos átomos juntos criou uma reação descontrolada. O urânio bruto é purificado antes de ser distribuído para os 52 reatores que geram 35% da energia no Japão.

No total, 57 japoneses foram afetados: 47 funcionários, três bombeiros e sete moradores das redondezas. Várias pessoas foram contaminadas pela radiação no ar. Por precaução, 320 mil pessoas num raio de 10 quilômetros tiveram que deixar suas casas durante 24 horas. Dois funcionários da empresa morreram mais tarde.

Recentemente, um dos últimos incidentes envolvendo as usinas nucleares foi registrado no dia 30 de março, na central nuclear de Onagawa (Miyagi). Um dos funcionários encarregado da inspeção deixou vazar a água usada para a refrigeração. Segundo a empresa elétrica Tohoku Denryoku, não houve perigo de contaminação para fora.

Em agosto de 2004, o vazamento de vapor de uma central da empresa Tepco em Fukui, provocou a morte de cinco operários e feriu gravemente outros sete. Esse foi o acidente mais grave ocorrido no Japão.



:: Acidentes que entraram para a história ::

# Setembro de 1957
Um vazamento de radioatividade na usina russa de Tcheliabinski contamina 270 mil pessoas.

# Dezembro de 1957
O superaquecimento de um tanque para resíduos nucleares causa uma explosão que libera compostos radioativos numa área de 23 mil quilômetros quadrados. Mais de 30 pequenas comunidades, numa área de 1.200 quilômetros quadrados, foram riscadas do mapa na antiga União Soviética e 17.200 pessoas foram evacuadas. Um relatório de 1992 informava que 8.015 pessoas já haviam morrido até aquele ano em decorrência dos efeitos do acidente.

# Abril de 1986
Ocorre o maior acidente nuclear da história (até agora), quando explode um dos quatro reatores da usina nuclear soviética de Chernobyl, lançando na atmosfera uma nuvem radioativa de cem milhões de curies. A nuvem cobriu todo o centro-sul da Europa. A Ucrânia, a Bielorrússia e o oeste da Rússia foram atingidas por uma precipitação radioativa de 50 toneladas. Consequências: 2 mil mortes, 4 mil casos de câncer, 120 mil casos de anormalidades na tireóide.

# Setembro de 1987
A violação de uma cápsula de césio-137 por sucateiros da cidade de Goiânia, no Brasil, mata quatro pessoas e contamina 249. Três outras pessoas morreriam mais tarde de doenças ligadas à radiação.


Veja mais
Bookmark and Share Enviar Enviar       Imprimir Imprimir    Comentar Comentar  Corrigir Corrigir   Diminuir fonte Aumentar fonte    

COMENTÁRIOS

COMENTE ESTA NOTICIA
caracteres podem ser digitados
TERMOS DE USO: O ipcdigital.com tem o prazer de oferecer a seus usuários a oportunidade de fazer comentários. Procure ser polido e educado nos seus comentários para que possamos mantê-lo no site. Comentários que contenham ameaça, ofensa, palavrão, apologia ao crime ou racismo serão deletados.Assim como piadas sobre tragédias pessoais. No entanto, devido à característica interativa da internet é impraticável para nossa equipe monitorar todos os comentários. Como o ipcdigital.com não controla os comentários enviados por seus usuários, eventualmente você poderá encontrar comentários ofensivos ou inapropriados. Caso isso ocorra, clique aquie denuncie.