Brasil


Publicado em  11/06/2007 2:13

Acordo regulamenta trabalho aos domingos no Brasil

Trabalhador do comércio terá direito a um domingo de folga depois de trabalhar dois, diz nova regra

Brasil , Brasília - Agência Brasil

Depois de três anos de discussão, está definida a regulamentação do trabalho aos domingos no comércio. Em Brasília, representantes dos comerciários, empregadores e do governo conseguiram fechar um acordo em que o trabalhador do comércio terá direito a um domingo de folga depois de trabalhar dois. Ficou decidido também que a abertura do comércio nos feriados e outros detalhes como jornada de trabalho, horas-extras, vale-refeição, vale-transporte vão depender de acordos firmados nas convenções coletivas de trabalho entre sindicatos e comerciantes.

Segundo o secretário de Relações do Trabalho, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Luiz Antônio Medeiros, as novas regras devem entrar em vigor ainda neste primeiro semestre. Ele informou que antes o comerciário só tinha direito ao dia de folga, por escolha do empregador, depois de trabalhar três domingos seguidos. Depois que as normas entrarem em vigor, de acordo com o secretário, ele terá direito a folga no domingo, após trabalhar dois.

"Foi uma discussão que durou quase três anos, entre comércio, trabalhadores e governo. Então, o mérito da negociação que fizemos foi assegurar o comércio aos domingos, mas garantindo a esse trabalhador que ele terá algumas folgas coincidentes com o domingo", relatou Medeiros.

Diogo Almeida trabalha como vendedor em um shopping de Brasília. Para ele, o comércio deveria ficar fechado aos domingos. "O domingo, na minha opinião, teria que ser fechado. Domingo é um dia para descanso e para a família. Porque o comércio antigamente, acho que até há três, quatro anos atrás, não abria aos domingos, o shopping não abria. Daqui a uns dias, vai abrir até 24 horas".

Para a consumidora Letícia Miranda, a abertura do comércio nesse dia representa uma facilidade para quem trabalha durante a semana. "Eu acho importante para quem trabalha a semana inteira como eu, que estudo aos sábados também, é difícil conseguir fazer compras durante a semana. Tendo lojas abertas no domingo, é uma facilidade para as pessoas que têm a vida mais corrida".

Ricardo Sanchez é comerciante. Para ele, o setor precisa abrir aos domingos para garantir as vendas. "É um dia muito importante no comércio. Desde o início, eu até participei de algumas discussões de funcionar ou não no domingo. Você não pode é prejudicar o seu cliente", afirmou Sanchez.

Com a regulamentação, dos 56 domingos do ano, os comerciários terão garantido folga em 18. Atualmente, a Lei Federal 10.101, de 19 de dezembro de 2000, estabelece o trabalho de três domingos por um dia de folga à escolha do empregador. O trabalho no feriado é proibido e a abertura do comércio aos domingos é definida por lei municipal.


Veja mais
Bookmark and Share Enviar Enviar       Imprimir Imprimir    Comentar Comentar  Corrigir Corrigir   Diminuir fonte Aumentar fonte    

COMENTÁRIOS

COMENTE ESTA NOTICIA
caracteres podem ser digitados
TERMOS DE USO: O ipcdigital.com tem o prazer de oferecer a seus usuários a oportunidade de fazer comentários. Procure ser polido e educado nos seus comentários para que possamos mantê-lo no site. Comentários que contenham ameaça, ofensa, palavrão, apologia ao crime ou racismo serão deletados.Assim como piadas sobre tragédias pessoais. No entanto, devido à característica interativa da internet é impraticável para nossa equipe monitorar todos os comentários. Como o ipcdigital.com não controla os comentários enviados por seus usuários, eventualmente você poderá encontrar comentários ofensivos ou inapropriados. Caso isso ocorra, clique aquie denuncie.