“Japão deve atender primeiro seu povo antes de aceitar refugiados sírios”, diz Abe na ONU

Nacionalpor Alex Kanashiro - 01/10/2015
Abe Onu
Crédito: Divulgação

NOVA YORK (IPC Digital) – O Japão definiu que não irá aceitar refugiados sírios como a Europa. O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse que o país asiático necessita melhorar as condições de vida de sua própria população, principalmente mulheres e idosos, antes de aceitar os refugiados da Síria, informou a Reuters.

Depois de anunciar na Assembleia Geral da ONU, na terça-feira (29), que seu país fornecerá 1,56 bilhão de dólares em assistência aos afetados pelo conflito na Síria e no Iraque, Abe foi questionado em uma coletiva de imprensa se aceitará refugiados.

“É uma questão de demografia. Eu diria que antes de aceitar imigrantes ou refugiados, devemos ter mais atividades para as mulheres e os idosos, e temos de elevar a nossa taxa de natalidade. Há muitas coisas que devemos fazer antes de aceitar imigrantes”, respondeu.

Comentários

comentários

Colunistas IPC Digital

Alessandra Barbieri
Alessandra Barbieri

Advogada de formação, professora por opção, mãe e esposa, de coração.

Elza Nakahagi
Elza Nakahagi

Autora do livro Termos Médicos e colaboradora do Disque Saúde no Japão

Marcelo Maio
Marcelo Maio

Escritor, pedagogo e novato no Japão

Marcio Ikuno
Marcio Ikuno

Jornalista, blogueiro e filósofo estóico pós-moderno

Rachel Matos
Rachel Matos

Psicóloga, psicopedagoga e parceira das famílias nos desafios da educação