Japão quer exportar seu sistema educacional para países em desenvolvimento

Nacionalpor Paulo Sakamoto - 24/08/2015
d3521dfb-23
Crédito: Divulgação

TÓQUIO (IPC Digital) – O eficiente e altamente padronizado sistema de educação japonês, exemplificado pela uniformização, merenda escolar em sala de aula e delegação de tarefas aos estudantes, poderá se tornar um modelo de exportação para países em desenvolvimento, revelou o jornal Asahi neste domingo (23)

O Ministério da Educação, Cultura, Esportes Cientes e Tecnologia, lançou um plano ambicioso para fornecer o sistema para países da Ásia, Oriente Médio e África. O governo japonês também planeja ajudar empresas japonesas que operam instituições de ensino no exterior.

A implantação do sistema de ensino japonês no exterior seria custeada, em parte, pelo próprio governo através de subsídios que estão previstos para serem incluídos no orçamento do ano fiscal de 2016.

O sistema educacional japonês é elogiado por especialistas ao redor do mundo pelo desenvolvimento de métodos de ensino que formam alunos disciplinados e com habilidades acadêmicas de alto nível.

O programa, batizado provisoriamente de “Plataforma de Cooperação Público-privada para Exportação do Sistema Educacional Japonês”, será oferecido aos países que pretendem importar elementos específicos do sistema, com a possibilidade de envio de profissionais japoneses para a implantação do programa.

Segundo o ministério, Mianmar, Índia, Egito e outros países em desenvolvimento já demostraram interesse em participar do programa.

Comentários

comentários

Colunistas IPC Digital

Alessandra Barbieri
Alessandra Barbieri

Advogada de formação, professora por opção, mãe e esposa, de coração.

Elza Nakahagi
Elza Nakahagi

Autora do livro Termos Médicos e colaboradora do Disque Saúde no Japão

Marcelo Maio
Marcelo Maio

Escritor, pedagogo e novato no Japão

Marcio Ikuno
Marcio Ikuno

Jornalista, blogueiro e filósofo estóico pós-moderno

Rachel Matos
Rachel Matos

Psicóloga, psicopedagoga e parceira das famílias nos desafios da educação