Japão: Pelo menos 2 milhões de pessoas tiveram seus dados roubados pela internet em 2015

Nacionalpor Paulo Sakamoto - 05/01/2016
sfgdfsfgb-23
Crédito: Divulgação

OSAKA (IPC Digital) – Um levantamento realizado pela agência Kyodo mostrou que pelo menos 2 milhões de pessoas tiveram dados pessoais vazados ou roubados pela internet ano de 2015.

Somente no ano passado, a polícia japonesa investigou 140 casos de empresas ou agências do governo que tiveram seus servidores violados em ciberataques.

O caso mais grave ocorreu no sistema da Previdência, onde os dados pessoais de 1,25 milhões de pessoas foram acessados de forma ilegal.

Especialistas ouvidos pela Kyodo disseram que os casos reportados são apenas a “ponta do iceberg” e que pode haver muitas outras empresas que foram atacadas mas que ainda não tomaram conhecimento.

No mais recente caso, a gráfica Seki Co., de Matsuyama, província de Ehime, reconheceu a possibilidade de que até 267 mil conjuntos de informações de clientes – incluindo informações de cartões de crédito – foram roubados de seus servidores.

A empresa de confeitaria Chateraise informou que cerca de 210 mil conjuntos de informações de clientes foram acessadas de forma ilegal.

Dos 140 casos registrados no ano passado, 19 eram relacionados com agências governamentais.

Comentários

comentários

Colunistas IPC Digital

Alessandra Barbieri
Alessandra Barbieri

Advogada de formação, professora por opção, mãe e esposa, de coração.

Elza Nakahagi
Elza Nakahagi

Autora do livro Termos Médicos e colaboradora do Disque Saúde no Japão

Marcelo Maio
Marcelo Maio

Escritor, pedagogo e novato no Japão

Marcio Ikuno
Marcio Ikuno

Jornalista, blogueiro e filósofo estóico pós-moderno

Rachel Matos
Rachel Matos

Psicóloga, psicopedagoga e parceira das famílias nos desafios da educação