Japoneses criam proteína que brilha; “Árvores que brilham poderão substituir postes de luz no futuro”

Techpor Paulo Sakamoto - 26/03/2015
Imagem ilustrativa
Crédito: Divulgação

Uma equipe de pesquisadores do Japão desenvolveu proteínas que produzem luz visível a olho nu. O estudo foi publicado nesta terça-feira (24) na revista americana “Proceedings of the National Academy of Sciences”.

As proteínas, chamadas de “nano lanternas”, podem ser usadas em pesquisas médicas e como uma alternativa à luz elétrica, disse a equipe de pesquisadores da Universidade de Osaka e do Instituto Rinken, que é ligado ao governo.

Diferentemente das proteínas brilhantes convencionais – que emitem um brilho fraco, visível apenas com a ajuda câmeras supersensíveis – as proteínas desenvolvidas pela equipe japonesa emitem luz forte o suficiente para serem vistas sem a necessidade de equipamentos especiais.

“No futuro, esperamos criar árvores de rua que brilham para economizar energia com a iluminação pública.” disse Takeharu Nagai, vice-diretor do Instituto Universitário de Pesquisa científica, à Jiji Press.

A imagem acima é ilustrativa.
Fonte: The Japan Times

Comentários

comentários

Colunistas IPC Digital

Alessandra Barbieri
Alessandra Barbieri

Advogada de formação, professora por opção, mãe e esposa, de coração.

Elza Nakahagi
Elza Nakahagi

Autora do livro Termos Médicos e colaboradora do Disque Saúde no Japão

Marcelo Maio
Marcelo Maio

Escritor, pedagogo e novato no Japão

Marcio Ikuno
Marcio Ikuno

Jornalista, blogueiro e filósofo estóico pós-moderno

Rachel Matos
Rachel Matos

Psicóloga, psicopedagoga e parceira das famílias nos desafios da educação